Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Abril, 2016

COMO LIDAR COM AS EMOÇÕES - DZOGCHEN PONLOP RINPOCHE

Como lidar com as emoções?(Trecho do livro “Buda Rebelde” de Dzogchen Ponlop Rinpoche)Antes que possamos estender nossa compaixão aos outros, temos que primeiro estendê-la a nós mesmos. Como fazemos isso? Temos que olhar para a nossa mente e reconhecer como as nossas expressões neuróticas – os nossos pensamentos confusos e emoções perturbadoras – estão na verdade, ajudando-nos a acordar. Nossa agressão pode nos ajudar a desenvolver clareza e paciência. Nossa paixão pode nos ajudar a abandonar apegos e ser mais generosos. Basicamente, uma vez que reconhecemos que essa mesma mente é a mente da compaixão e do despertar, podemos valorizá-la e assim, confiar em nossa capacidade de trabalhar com ela. Ela é, no fim das contas, uma boa mente, uma mente que nos levará à iluminação. Quando compreendemos isso, começamos a abandonar nossa atitude anterior, de repulsa às nossas emoções.

De início, consideramos as nossas emoções como algo negativo, algo a superar; precisamos nos acalmar, diminuir a …

AFINAL O QUE É O NIRVANA ?

Afinal o que é o Nirvana? O que é a felicidade suprema que Buda Gautama penetrou e ensinou?
ByNando Pereira (Dharmalog.com)
Certamente essa pergunta tem inumeráveis respostas e fontes para serem conhecidas e absorvidas, então a visão abaixo é apenas uma delas, uma das boas. “ Onde Está o Nirvana?”está na terceira parte do segundo capítulo do livro “Budismo, Psicologia do Auto-Conhecimento” (Ed. Pensamento), do Dr. Georges da Silva e Rita Homenko, que começa com um diálogo entre o brâmane (a casta espiritual nobre da Índia antiga)KutadantaeBudasobre a natureza e a capacidade de encontrar o Nirvana. O trecho também é um complemento ao post e aos comentários do post de ontem, “A descrição de Thich Nhat Hanh para a iluminação do Buda: como se uma prisão de milhares de anos fosse aberta“. ONDE ESTÁ O NIRVANA? Certa vez, o brâmane Kutadanta perguntou ao Buda:
– Venerável Mestre, onde está o Nirvana?
– Onde quer que se obedeça é Lei (Doutrina)
Kutadanta replicou:
– Então o Nirvana não está em parte a…

UMA VISÃO BUDISTA DO LIVRE ARBÍTRIO

Uma visão budista do Livre Arbítrio, para além do determinismo e do indeterminismo, segundo Alan Wallace
ByNando Pereira (Dharmalog.com)
O trecho abaixo faz parte do artigo “Uma Visão Budista do Livre Arbítrio: Além do Determinismo e do Indeterminismo” (“A Buddhist View of Free Will: Beyond Determinism and Indeterminism.”, Journal of Consciousness Studies, 2011), do estudioso budista americanoAlan Wallace, phD em Estudos Religiosos na Stanford University (EUA), fundador da Santa Barbara Institute for Consciousness Studies (EUA) e autor de livros como “Hidden Dimensions: The Unification of Physics and Consciousness” e “Tibetan Tradition of Mental Development“. Está aqui como uma abordagem alternativa a outras publicadas aqui sobre o assunto do livre arbítrio, como na palestra em que o pesquisadorGary Weber defende, no post “Você não está no controle [1]: Gary Weber, Einstein e Ramana Maharshi e como “tudo está predeterminado”, de julho passado, dividido em três posts. Tomando as palavras …

ESPIRITUALIDADE NO DIA A DIA.É NO COTIDIANO QUE A VIAGEM ACONTECE

Espiritualidade no dia a dia. É no cotidiano que a viagem acontece Recentemente, tive a oportunidade de entrevistar 
Reginald A. Ray, um mestre americano de meditação. 
Há 40 anos Reggie Ray estuda e pratica meditação 
dentro da tradição budista tibetana. Ele possui 
um dom especial para aplicá-la aos problemas 
e aos imperativos espirituais das pessoas modernas.


21 de Abril de 2016 às 17:01


Por: Benjamin Riggs (*)

Benjamin Riggs - Como é um dia normal na vida de Reggie Ray?
Reggie Ray (**) – Neste momento, por exemplo, estou em retiro, me preparando para um programa em meados de julho. Na parte da manhã, pratico meditação por algumas horas, e faço um pouco de Chi Kung, uma arte marcial chinesa. Gasto um pouco de tempo conversando com minha esposa sobre algumas ideias para o próximo programa. Então, pratico meditação um pouco mais. À noite, alguns alunos mais antigos passam por aqui, vamos conversar e tomar chá. E pratico um pouco mais de meditação. Isso é ótimo. Bem, essa é a minha vida agora…

NÃO PROCURE O BUDISMO - DESFAZENDO EQUÍVOCOS

Não Procure o Budismo
Desfazendo Equívocos
Por Reverenda Yvonette Silva Gonçalves

Se você quer milagres, não procure o Budismo. O supremo milagre para o Budismo é você lavar seu prato depois de comer.
Se você quer curar seu corpo físico, não procure o Budismo. O Budismo só cura os males de sua mente: ignorância, cólera e desejos desenfreados.
Se você quiser arranjar emprego ou melhorar sua situação financeira, não procure o Budismo. Você se decepcionará, pois ele vai lhe falar sobre desapego em relação aos bens materiais. Não confunda, porém, desapego com renúncia.
Se você quer poderes sobrenaturais, não procure o Budismo. Para o Budismo, o maior poder sobrenatural é o triunfo sobre o egoísmo.
Se você quer triunfar sobre seus inimigos, não procure o Budismo. Para o Budismo, o único triunfo que conta é o do homem sobre si mesmo.
Se você quer a vida eterna em um paraíso de delícias, não procure o Budismo, pois ele matará seu ego aqui e agora.
Se você quer massagear seu ego com poder, fama, elogi…

OS 10 LADRÕES DE ENERGIA SEGUNDO DALAI LAMA

Os 10 ladrões de sua energia, segundo Dalai LamaTodos nós temos designado uma carga de energia, a qual devemos aprender a utilizar corretamente e não desperdiça-la. As energias nos permitem trabalhar com motivação, nos dão pensamentos positivos para enfrentar as situações do dia a dia e permitem aproveitar ao máximo todas as oportunidades que nos são apresentadas. Somente nós temos o poder de dominar nossas energias e ter acesso a elas para usá-las em nossos dias. No entanto, existem alguns agentes externos e internos que podem chegar a interferir em nossos níveis de energia, provocando uma redução em nossa motivação, nosso humor e nossa produtividade.
As energias são chaves para alcançar o êxito e superar cada um dos obstáculos que nos são apresentados no caminho. Todos podem renovar todos os dias essas energias e aproveita-las ao máximo para vir a tona nossas qualidades, nossos talentos e tudo o que nos permite descartar como pessoas. Levando em consideração que cada individuo está d…

MEDITAÇÃO DE CURA - TÜLKU THÖNDUP RINPOCHE

Meditação de Cura  por Tülku Thöndup Rinpoche*
A maioria dos exercícios compõe-se de quatro passos básicos: 1. identificar os problemas que precisam ser sanados; 2. apoiar-se numa fonte de poder; 3. aplicar os meios de cura e 4. alcançar o resultado da cura. Em alguns exercícios, a fonte de energia não é utilizada. Do mesmo modo, em alguns outros não se sugere uma determinada imagem; você poderá visualizar qualquer imagem que seja apropriada.
Para promover uma cura realmente eficaz, precisamos usar o poder da imaginação, da compreensão, dos sentimentos e da força da nossa crença no processo de cura. Quanto mais vemos, compreendemos, sentimos e acreditamos nesse processo, mais profundos serão os benefícios.
Podemos reforçar cada um dos quatro passos básicos da cura mediante quatro técnicas de meditação. Podemos 1. ver ou visualizar cada passo como uma imagem; 2. pensar em cada um deles usando um determinado nome ou designação; 3. sentir as qualidades de cada um deles e 4. acreditar na sua…

A SABEDORIA DO LAGO - CONTO ZEN

A Sabedoria do lago - Conto Zen

"Um samurai depois de ter sido derrotado numa importante prova de habilidades, vagou sem rumo com os pensamentos confusos, enfurecido, sem querer aceitar a derrota. 
Parou em um lago que encontrou no seu caminho e lançou violentamente 
uma pedra contra as suas águas, que se agitaram violentamente. 

O samurai ainda com raiva e ressentido, percebeu algo e refletiu: - “Mesmo ofendido e perturbado com a pedra que atirei, em instantes o lago se recompôs, retornando a tranquilidade inicial."

O samurai concluiu que mesmo que lançasse todas as pedras da redondeza, pequenas ou grandes, o lago sempre retornaria à sua natural tranquilidade, como se nunca tivesse sido atingido por nada.

Ao refletir sobre isso o homem evocou "Mizuno kami(O Espírito das Águas):

- “Espírito das Águas, por que quando meu coração é ferido ficam cicatrizes e este lago, em instantes apaga todos os vestígios da agressão sofrida”?

Respondeu o “Espírito das Águas”:

- “O Lago faz…

A VERDADEIRA INTELIGÊNCIA - ALÉM DO INTELECTO

A Verdadeira Inteligência – Além do IntelectoUm mestre zen japonês uma vez recebeu um professor universitário que veio perguntar sobre o zen. O mestre serviu o chá; a cerimônia do chá foi longa e o cientista ficou cada vez mais impaciente com a calma do mestre durante os 54 passos da cerimônia. Quando o chá estava pronto, começou a encher a xícara de seu visitante. Quando a xícara estava cheia, seguiu enchendo-a. O chá começou a transbordar e o professor não pôde mais se conter. “Já está cheia, não pode mais derramar aí!”.
“Tal como esta xícara…”, disse o mestre, “Tu estás cheio de tuas próprias opiniões e ideias. Como posso te ensinar mais se tu ainda não esvaziaste tua primeira xícara?”.

O intelecto humano é uma coisa incrível, gerou inúmeras descobertas e invenções e segue inovando, os avanços atuais em tecnologia são fascinantes e estão criando um estilo de vida que há umas décadas parecia ficção científica. No entanto, a mente, com toda sua maravilhosa complexidade, segue criando, …