Pular para o conteúdo principal

CONHEÇA RAM BAHADUR BOMJON,ADOLESCENTE QUE FICOU DURANTE LONGO PERÍODO EM ESTADO MEDITATIVO

Conheça Ram Bahadur Bomjon, adolescente que ficou durante longo período em estado meditativo

Ram Bahadur Bomjon nasceu em 1990, no Distrito de Bara no Nepal e aos 16 anos(2005) saiu de sua casa escondido a noite e se posicionou em uma árvore em postura de lótus para meditar.
O período de meditação do jovem começou em 16 de maio de 2005, mas ele desapareceu em 11 de Março de 2006 (10 meses), reaparecendo longe de Ratanapuri em 26 de dezembro de 2006. Ram Bomjan tornaria a desaparecer em 8 de março de 2008, até que um grupo de policias nepaleses o encontraria meditando junto a uma árvore em 26 de março de 2007, não muito longe de Ratanapuri.
Em poucos dias, os líderes budistas locais e moradores alegaram que ele era a reencarnação de Buda que nasceu cerca de século 6 AC em Lumbini, no sul do Nepal. Ram, porém, lhes disse:
Diga ao povo para não me chamar de Buda. Eu não tenho a energia de Buda. Estou no nível de Rinpoche.”
Ele foi citado como dizendo que precisaria de mais seis anos de meditação antes que ele pode se tornar um.
De acordo com as crenças budistas, quando uma pessoa chega ao estado de iluminação (bodhi) e torna-se um Buda, ele nunca é reencarnado. Para se tornar um com Buddha significa acabar com o ciclo contínuo de nascimento, morte e renascimento que acredita-se a alma atravessa até atingir a iluminação. Qualquer ser humano pode se tornar um Buda por perceber a verdadeira natureza da existência, mas quando se chega a este ponto, a alma não reencarnará mais.

Relatos

Relatos locais dão como certo que Ram Bomjan terá conseguido sobreviver a períodos de vários meses sem ter consumido nem qualquer alimento, nem sequer qualquer tipo de líquidos, como água. Um documentário do “Discovery Channel” mostrou Bomjan meditando entre as raízes de uma árvore durante cinco dias seguidos.

Só por si, isso é um feito notável já que embora existam relatos de pessoas que sobreviveram semanas ou até mesmo meses sem qualquer alimento, suportar mais do que 24 horas sem água é praticamente impossível.
É certo que se trataria de um “estado meditativo”, não de um que exigisse um elevado nível de atividade física. Nestes casos, 3/4 de um litros são indispensáveis. Para manter um padrão de atividade física mais baixo, estima-se que meio litro baste, mas este valor garante apenas níveis de sobrevivência sem exposição solar.
Ram Bomjan esteve durante estes cinco dias à sombra de uma árvore, logo livre da ação dos raios solares e numa região úmida, o que contribuiria para a admissão de alguma umidade por via respiratória. Há assim vários elementos: o baixo metabolismo do estado de transe, a umidade do ar, a não exposição à luz solar contribuem para explicar parcialmente a sobrevivência de Ram Bomjan. Mas não totalmente…
Ram Bomjan, no final desse período devia estar severamente desidratado, o coração devia estar em mau estado devido ao engrossamento do sangue e o cérebro estaria severamente afectado e, sobretudo, as baixas temperaturas noturnas deviam ter anulado qualquer uma das vantagens listadas. Ora Ram Bomjan não só não aparentava nenhum sintoma físico dessa grandeza como nem sequer tinha a pele ressequida.
Em março de 2007 o inspetor de polícia Rameshwor Yadav de Nijgadh encontrou Bonjam meditando num edifício subterrâneo com apenas 3 metros quadrados. O edifício, parcialmente soterrado, não tinha portas nem janela e apenas um telhado de colmo. Aparentemente tinha sido construído por um devoto antigo professor, Indra Lama, e que afirmava que o edifício tinha sido construído a pedido de Ram Bonjam
Não muito depois, a 2 de agosto de 2007, Bonjam faria um raríssimo discurso público a uma multidão de 3 mil pessoas reunidas na selva de Hallori, no distrito de Bara. A reunião foi preparada pelo comitê de apoio aos peregrinos “Namo Buddha Tapoban”, sendo este o seu conteúdo segundo uma testemunha, que o terá ouvido num telemóvel ligado no local por um amigo:
O assassínio, a violência, a ambição, a raiva e a tentação fizeram deste mundo um lugar de desespero. Uma terrível tempestade caiu sobre o mundo do Homem, e isto está a levar o mundo para a destruição. Existe apenas uma forma de salvar o mundo e esta é através do Dharma.
Se não percorrermos o caminho correto da prática espiritual, este mundo desesperado será com certeza destruído. Assim, sigam o caminho da espiritualidade e espalhem esta mensagem a todos os que conhecem. Nunca coloquem obstáculos, fúria ou descrença no caminho da minha missão de meditação.
Eu estou apenas mostrando-vos o Caminho; vocês devem procurar seguir o vosso próprio Caminho. O que sou, o que farei, nos próximos dias vai relevar isso mesmo. A salvação do Homem, a salvação de todos os seres vivos e a paz no mundo são o meu objetivo e o meu caminho. Namo Buddha sangaya, Namo Buddha sangaya, namo sangaya.
Eu contemplo a libertação deste mundo caótico do oceano da emoção, na nossa libertação da fúria e da tentação, sem me afastar do caminho por um só momento, eu renuncio à minha própria ligação à minha vida e à minha casa, para sempre, eu estou a trabalhar para salvar todos os seres vivos. Mas neste mundo indisciplinado, a prática da minha vida é reduzida a um simples entretenimento.”
“A prática e a devoção de muitos Budas foi dirigida à melhoria do mundo e à felicidade. É essencial, mas muito difícil compreender essa prática e devoção. Mas através dela é fácil sair da existência ignorante, os seres humanos não compreendem que um dia teremos que abandonar este mundo incerto e encontrar o Senhor da Morte.
As nossas longas ligações com amigos e família irão dissolver-se no nada. Teremos que deixar para trás a saúde e a propriedade que acumulámos. Este é o uso da minha felicidade, quando aqueles que me amaram desde o princípio, a minha mãe, o meu pai, irmãos e parentes estiverem todos infelizes. Assim, para salvar todos os seres sencientes, eu tenho que ter uma mente como a do Buda e emergir da minha caverna subterrânea para realizar uma meditação Vajra.
Para a fazer tenho que compreender o caminho correto e o conhecimento, de forma a não perturbar a minha prática. A minha prática liberta-me do meu corpo, da minha alma e da minha existência. Nesta situação existe 72 deusas Kali. Deuses diferentes estarão presentes, ao lado dos sons do trovão e do “tangur”, e todos os deuses celestiais e deusas estarão a fazer “puja” (adoração).
Assim eu enviei uma mensagem, para que não venham aqui, e para que por favor expliquem isto aos outros. Espalhem o conhecimento espiritual e as mensagens espirituais aos outros. Espalhem a mensagem da paz mundial a todos. Procurem um caminho correto e a sabedoria será vossa.
Depois deste discurso, em 19 de março de 2008, um grupo dos seus seguidores encontrou-o a cerca de 3 km do seu último local de meditação conhecido, tendo falado com ele durante perto de meia hora tendo Bonjam dito nessa ocasião que “não havia paz aqui” e se afastaria durante seis anos, ou seja, até 2012. Ano em que regressaria ao Mundo.

Investigações.

Escritor americano George Saunders visitou Bomjon e observou-o por meio de uma única noite, e ficou impressionado com a estatura perfeitamente imóvel de Bomjon, mesmo durante um clima à noite que parecia insuportavelmente frio até mesmo para ele que estava bem agasalhado. Fonte
Em dezembro de 2005, um comitê do governo de nove membros liderado por Gunjaman Lama assistiu Bomjon cuidadosamente durante 48 horas e observou que não comeu qualquer comida ou água durante esse tempo. Uma gravação de vídeo foi também feita deste teste a partir de uma distância de 3 metros. Fonte
Ele falou quando ele teria sido mordido por uma cobra duas vezes. Seus seguidores disseram que ele foi curado automaticamente e não necessita de qualquer tratamento médico.
Site Oficial: http://maitriya.info/en/

Fonte:http://yogui.co/conheca-ram-bahadur-bomjon-adolescente-que-ficou-durante-longo-periodo-em-estado-meditativo/?

Ram Bahadur BomjanRam Bahadur Bomjan2Ram Bahadur Bomjan3Ram Bahadur Bomjan7Ram Bahadur Bomjan4Ram Bahadur Bomjan5Ram Bahadur Bomjan6
Fontes:
http://www.independent.co.uk/news/world/asia/buddha-boy-reappears-after-year-in-jungle-1011713.html
http://abcnews.go.com/International/wireStory?id=6227385
http://www.terra.com.br/istoe/1900/internacional/1900_pequeno_buda_sumiu.htm
http://en.wikipedia.org/wiki/Ram_Bahadur_Bomjon
http://irregular.gaia.com/blog/2006/12/ram_bomjon_reappears_and_establishes_new_shrine
http://www.survivaltopics.com/survival/how-long-can-you-survive-without-water/
http://pt.wikipedia.org/wiki/Ram_Bahadur_Bomjon
http://www.paldendorje.com/
http://www.newkerala.com/news2.php?action=fullnews&id=25558
http://news.bbc.co.uk/2/hi/south_asia/4824530.stm
http://news.yahoo.com/s/nm/20061225/od_uk_nm/oukoe_uk_nepal_boy
http://news.yahoo.com/s/nm/20061225/wl_nm/nepal_boy_dc_1
http://news.bbc.co.uk/2/hi/south_asia/6209613.stm
http://www.atimes.com/atimes/South_Asia/JK15Df04.html
http://www.discoverychannel.com.au/ontv/boy_with_divine_powers/index.shtml
http://www.reuters.com/article/worldNews/idUSTRE4AA0XP20081111
http://www.gulfnews.com/world/Nepal/10258766.html
http://en.wikipedia.org/wiki/Ram_Bahadur_Bomjon

Postagens mais visitadas deste blog

5 PRECEITOS BUDISTAS PARA ENCONTRAR A PAZ INTERIOR

5 Preceitos Budista para encontrar a paz interior

DALAI LAMA: ATRÁS DE NOSSA ANSIEDADE ESTÁ O MEDO DE NÃO SER NECESSÁRIO

DALAI LAMA: ATRÁS DE NOSSA ANSIEDADE ESTÁ O MEDO DE NÃO SER NECESSÁRIOO medo de não ser necessário é um dos maiores causadores de tristezas no ser humano.  De muitas maneiras, nunca houve um melhor momento para estar vivo. A violência assola alguns cantos do mundo, e muitos ainda vivem sob o domínio de regimes tirânicos. 

E embora todas as grandes religiões do mundo ensinem amor, compaixão e tolerância, a violência impensável está sendo perpetrada em nome da religião.
E ainda assim, poucos dentre nós são pobres, cada vez menos pessoas tem fome, menos crianças morrem e mais homens e mulheres sabem ler do que nunca. 

Em muitos países, o reconhecimento dos direitos das mulheres e das minorias é agora norma. Ainda há muito trabalho a fazer, é claro, mas há esperança e há progresso.
Quão estranho, então, ver tanta raiva e grande descontentamento em algumas das nações mais ricas do mundo. 

Nos Estados Unidos, Grã-Bretanha e em todo o continente europeu, as pessoas são convulsionadas com frustraçã…

ESCUTA COMPASSIVA - THICH NHAT HANH ENTREVISTADO POR OPRAH WINFREY (VÍDEO LEGENDADO EM PORTUGUÊS)

Thich Nhat Hanh entrevistado por Oprah Winfrey - Escuta Compassiva - LEGENDADO

Thich Nhat Hanh diz que ouvir pode ajudar a terminar com o sofrimento do outro, colocar fim a uma guerra e mudar o mundo para melhor. Assista a ele explicar como praticar a escuta compassiva.




Quem SomosNós somos um grupo de meditação budista e estudo dos textos do mestre Zen Vietnamita Thich Nhat Hanh.  Nos reunimos semanalmente nas 3a feiras das 19:30hs às 21:00hs, na Rua Jornalista Orlando Dantas, n. 5 no Flamengo - Rio de Janeiro. Clique aqui para ver o mapa. Todos estão convidados a participar conosco da nossa prática de plena consciência segundo os métodos ensinados por Thich Nhat Hanh e detalhada no quadro ao lado. Mesmo os que nunca meditaram ou têm pouca experiência estão convidados. Aos iniciantes serão dadas instruções antes do início da prática. Por isso sugerimos que os iniciantes cheguem 15 minutos antes do início. Semanalmente estudamos um texto de Thich Nhat Hanh. Para conhecer o texto dessa semana…