Pular para o conteúdo principal

MEDITAÇÃO PARA O AMOR E O PERDÃO - METTA BHAVANA - BUDA - LOCUÇÃO CARLA DE ARAÚJO (VÍDEO)


MEDITAÇÃO PARA O AMOR E O PERDÃO
Metta Bhavana - BUDA


Metta Bhavana: meditação do Amor Universal

Metta significa Amor incondicional, maneira sublime de viver.

Esta meditação é tirada de um dos mais belos e populares discursos proferidos pelo Buddha – Metta sutta.

O ódio não se destrói pelo ódio, destrói-se o ódio pelo Amor, esta é uma verdade eterna.
Que eu seja feliz.
Que eu possa me libertar de todo sofrimento.
Que eu tenha saúde perfeita.
Que eu possa superar todos os meus defeitos.
Que eu possa purificar minha mente.
Que eu seja feliz.
Que eu possa superar a cobiça e a raiva; a dor e o lamento; a opressão e a ansiedade; a angústia e a inimizade; oh, que a felicidade tome conta de mim!

Que eu possa desenvolver o Amor Universal: a bondade amorosa, a compaixão a todos os seres, a boa vontade e a não-violência, a equanimidade, a paciência e o contentamento.
Que a felicidade tome conta de mim!

Que eu possa ultrapassar a decadência e a morte e me libertar da tristeza e lamentação, dor, pesar, ressentimento e desespero.
Que eu possa evitar o mal, fazer apenas o bem e purificar a minha mente, pois é este o conselho de todos os Buddhas.

Aquele que se esforça em fazer o bem e que deseja atingir o estado de tranquilidade, deve agir assim: deve ser hábil, correto, obediente, gentil e humilde.
Alegre, fácil de contentar, que não se deixe afetar pelos assuntos mundanos, controlado em seus sentidos, discreto, não imprudente e não demasiadamente apegado à família.
Que nada faça de mesquinho e evite cometer o mais leve erro que os sábios possam censurar. Que todos os seres sejam felizes.
Que estejam ditosos e em segurança.

Onde existir um sopro de vida, seja fraco ou forte, grande, médio ou pequeno, visível ou invisível, próximo ou longínquo, nascido ou por nascer, que todos os seres estejam em segurança e felizes e possam por fim atingir a plena tranquilidade.

Que ninguém decepcione o seu próximo, nem despreze um ser mínimo que seja; que ninguém por cólera ou ódio deseja mal a outrem.
Assim como a mãe, que protegeria o seu único filho, mesmo com o risco da própria vida, da mesma forma, cultivemos um infinito amor a todos os seres.

Que cultivemos o Amor Universal e o projetemos em todas as direções do mundo, acima, abaixo e à volta, sem limite, com bondade amorosa e benevolência infinita a amigos, estranhos e inimigos.

Quando em pé, andando, sentados ou deitados, durante todo o tempo em que estivermos acordados, deveremos desenvolver a plena atenção mental e o amor universal.
Isto, dizem, é a mais elevada conduta aqui.

Que não abracemos erróneos pontos de vista; virtuosos e dotados de introspecção, desta maneira superaremos o apego aos desejos dos sentidos.

Verdadeiramente, a felicidade será para sempre o meu destino.Verdadeiramente, a felicidade será para sempre o meu destino.

Verdadeiramente, a felicidade será para sempre o meu destino.

Na Meditação de Metta estamos focados no desenvolvimento das qualidades saudáveis da mente e no compartilhamento deste mérito com todos os seres.

Metta, de fato, pode ser desenvolvida somente se pudermos doá-la para inúmeros seres sem discriminação ou sem expectativa de ganhar algo em retorno.

Deve ser livre do egoísmo ou do apego.

O objecto da meditação de metta deveriam ser infinitos seres.

Sendo assim, metta deve ser estendida a todos os seres sem exceção.

Que todos os seres possam estar bem e felizes, isso abarca todos os seres vivos.”

Que todos os seres fiquem bem.

Que todos os seres sejam felizes.

Que todos os seres alcancem a Paz!


BHAVANTU SARVA MANGALAM
OM SHANTI SHANTI SHANTIHÍ

Sadhu, sadhu, sadhu...

Esta meditação foi tirada de um dos mais belos discursos proferidos por BUDA.





LINK YOUTUBE


Locução: Karla de Araújo 
www.constelarcomkarla.com

Postagens mais visitadas deste blog

5 PRECEITOS BUDISTAS PARA ENCONTRAR A PAZ INTERIOR

5 Preceitos Budista para encontrar a paz interior

DALAI LAMA: ATRÁS DE NOSSA ANSIEDADE ESTÁ O MEDO DE NÃO SER NECESSÁRIO

DALAI LAMA: ATRÁS DE NOSSA ANSIEDADE ESTÁ O MEDO DE NÃO SER NECESSÁRIOO medo de não ser necessário é um dos maiores causadores de tristezas no ser humano.  De muitas maneiras, nunca houve um melhor momento para estar vivo. A violência assola alguns cantos do mundo, e muitos ainda vivem sob o domínio de regimes tirânicos. 

E embora todas as grandes religiões do mundo ensinem amor, compaixão e tolerância, a violência impensável está sendo perpetrada em nome da religião.
E ainda assim, poucos dentre nós são pobres, cada vez menos pessoas tem fome, menos crianças morrem e mais homens e mulheres sabem ler do que nunca. 

Em muitos países, o reconhecimento dos direitos das mulheres e das minorias é agora norma. Ainda há muito trabalho a fazer, é claro, mas há esperança e há progresso.
Quão estranho, então, ver tanta raiva e grande descontentamento em algumas das nações mais ricas do mundo. 

Nos Estados Unidos, Grã-Bretanha e em todo o continente europeu, as pessoas são convulsionadas com frustraçã…

ESCUTA COMPASSIVA - THICH NHAT HANH ENTREVISTADO POR OPRAH WINFREY (VÍDEO LEGENDADO EM PORTUGUÊS)

Thich Nhat Hanh entrevistado por Oprah Winfrey - Escuta Compassiva - LEGENDADO

Thich Nhat Hanh diz que ouvir pode ajudar a terminar com o sofrimento do outro, colocar fim a uma guerra e mudar o mundo para melhor. Assista a ele explicar como praticar a escuta compassiva.




Quem SomosNós somos um grupo de meditação budista e estudo dos textos do mestre Zen Vietnamita Thich Nhat Hanh.  Nos reunimos semanalmente nas 3a feiras das 19:30hs às 21:00hs, na Rua Jornalista Orlando Dantas, n. 5 no Flamengo - Rio de Janeiro. Clique aqui para ver o mapa. Todos estão convidados a participar conosco da nossa prática de plena consciência segundo os métodos ensinados por Thich Nhat Hanh e detalhada no quadro ao lado. Mesmo os que nunca meditaram ou têm pouca experiência estão convidados. Aos iniciantes serão dadas instruções antes do início da prática. Por isso sugerimos que os iniciantes cheguem 15 minutos antes do início. Semanalmente estudamos um texto de Thich Nhat Hanh. Para conhecer o texto dessa semana…