Pular para o conteúdo principal

A PRÁTICA DA COMPAIXÃO : MONGES BUDISTAS COMPRARAM LAGOSTAS NO CANADÁ PARA LIBERTAR

monks-free-lobsters.jpg

Monges Budistas compraram lagostas para libertar

Monges Budistas compraram lagostas destinadas para consumo e libertaram-nas. Libertaram  cerca de 270 kg de lagostas de volta para o Oceano. Estes Monges Budistas que estão no Canadá devolveram as lagostas vivas contidas em oito caixas para o Mar, evitando o seu consumo. Os 270 kg de crustáceos foram libertados nas águas da costa da Ilha Príncipe Eduardo pelos monges do Instituto Budista da Grande Iluminação, em inglês, Great Enlightenment Buddhist Institute Society.

Um dos monges, de seu nome Dan afirmou: “Esperamos com esperança que o local tenha sido bem escolhido e que não apanhem armadilhas”. Os monges usaram um barco,  e perante a estupefacção dos pescadores,  libertaram uma a uma. A operação toda envolveu um montante de 4.800 dólares.  As lagostas ainda receberam oração e foram benzidas com água purificada.  O grupo budista afirma que não é intenção desta acção de apelar ao vegetarianismo, mas sim promover o respeito e cultivar a compaixão,  e afirmam: “sejam lagostas, gansos,  moscas,  qualquer animal… Há que ter cuidado e atenção,  como por exemplo, conduzir devagar para não atropelar animais na rua”
Fonte:https://portaldobudismo.org/2016/07/13/monges-budistas-compraram-lagostas-para-libertar/
monks-free-lobsters.jpg

Postagens mais visitadas deste blog

OS MUDRAS NO BUDISMO E SEU SIGNIFICADO

Os Mudras no Budismo 

Os mudras são os gestos simbólicos que são associados aos budas. Esses gestos são muito utilizados na iconografia hindu e budista.

Mudra, uma palavra com muitos significados, é caracterizada como gesto, posicionamento místico das mãos, como selo ou também como símbolo. Estas posturas simbólicas dos dedos ou do corpo podem representar plasticamente determinados estados ou processos da consciências. Mas as posturas determinadas podem também, ao contrário, levar aos estados de consciência que simbolizam. Parece que os mudras originaram-se na dança indiana, que é considerada expressão da mais elevado religiosidade. [...] O significado espiritual dos mudras encontra sua expressão perfeita na arte indiana. Os gestos das divindades representadas na arte hinduísta e budista e os atributos que os acompanham simbolizam suas funções ou aludem a determinados acontecimentos mitológicos. [...] No decorrer dos séculos, os budas e bodhisattvas representados iconograficamente com s…

5 PRECEITOS BUDISTAS PARA ENCONTRAR A PAZ INTERIOR

5 Preceitos Budista para encontrar a paz interior

SOBRE AS ESCOLAS DENTRO DO BUDISMO

SOBRE AS ESCOLAS DENTRO DO BUDISMO Como a maioria das religiões e filosofias mundiais, o Budismo de acordo com a sua evolução histórica dividiu-se em diversos grupos e segmentos que diferenciam entre si em algumas doutrinas e visões do budismo. Não conseguiremos aqui distinguir todos os ramos do budismo que existem ou já existiram, mas analisaremos aqueles de maior relevância histórica. Escola TheravadaO Budismo Theravada; quer dizer literalmente, "o ensino dos anciões", ou "o antigo ensino" é considerada a mais antiga escola de Budismo ainda existente. Por muitos séculos, o Theravada tem sido a religião predominante no Sri Lanka, Birmânia e Tailândia; atualmente, o número de budistas Theravada em todo o mundo excede 100 milhões de pessoas. Em décadas recentes, o Theravada começou a fincar suas raízes no Ocidente. Escola MahayanaA Escola Mahayana (nome que quer dizer "grande veículo") é atualmente a maior das duas principais tradições do Budismo existentes h…